terça-feira, 2 de junho de 2015

Retorno de Entrevista: Candidato Quer Saber o Motivo da Negativa


Percebo que há uma crescente busca de como dar o retorno de entrevista para candidato(s) não selecionado(s), além disso, tenho notado a procura de quando o candidato quer saber o motivo de não ser aprovado no processo seletivo.

Ao receber o retorno de entrevista insatisfatório, o candidato deseja inteirar-se sobre sua performance na entrevista. Leia  5 dicas de como respondê-lo!
Imagem de Pixabay | Licença  CC0 Public Domain

Gostou? Acompanhe o Blog DespertaRH no Facebook


RETORNO DE ENTREVISTA: O CANDIDATO QUER SABER O MOTIVO DE NÃO SER SELECIONADO NO PROCESSO SELETIVO



Quando o candidato desejar saber o motivo de não ter sido aprovado é algo bem natural. Normalmente, isso se dá quando o mesmo, tem ciência de ter realizado um bom desempenho no processo seletivo e/ou pode ter acontecido algo que o desabonou.

Assim sendo, ao receber o retorno de entrevista insatisfatório, o candidato deseja inteirar-se sobre sua performance na entrevista. E averiguar com o selecionador o motivo de não ter sido selecionado para dar continuidade nas demais fases ou contratado.


5 DICAS DE COMO DAR O RETORNO DE ENTREVISTA PARA O CANDIDATO



Ao receber o questionamento do candidato em relação a negativa do retorno de entrevista, seja por e-mail, telefone ou pessoal, tenha cuidado no que falará para o candidato. Atenção, o candidato quer saber como está sua performance e o que deu errado.

1.  Saiba como usar as palavras corretamente, há uma diferença entre "o que diz" com "como se diz": Responder o candidato não é de qualquer maneira, a propósito, o modo como se diz faz toda diferença.

2.  Tenha cuidado ao dar retorno individuais: Qualquer informação passada que não seja clara e objetiva, podem ser compreendida de forma errônea. E o candidato, pode acreditar que houve algum tipo de discriminação.

3.  Processo seletivo por competência: Informe ao candidato que a vaga exigia uma determinada competência e naquele momento o outro candidato estava mais compatível com vaga.

4.  Se o candidato questionar o que pode ser feito para melhorar, dê orientações que possam agregar a sua performance na entrevista.

5.  O processo seletivo é realizado com o cliente ou gestor da vaga: Se o processo seletivo tem outras fases e o profissional de seleção não participa, não dê devolutiva sem o conhecimento da negativa. Para dar a devolutiva, tenha total discernimento do candidato não ter sido selecionado.

6.  Não utilize termos pejorativo ou que agrida a integridade do profissional. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog DespertaRH 2012-2017. Criado por: Deise Silva. Tecnologia do Blogger.