segunda-feira, 19 de junho de 2017

O Que Ninguém Te Diz Sobre Retorno de Entrevista


Você já se sentiu frustrado ao receber um retorno de entrevista que não explicava o motivo de não ter sido aprovado na entrevista? 

Você já sentiu desânimo ao perguntar ao recrutador o motivo de não passar na entrevista e não ser respondido? 

E você, recrutador já se sentiu o desapontamento, por não conseguir responder o candidato de forma clara, a razão dele não ter sido selecionado para vaga? 

Se a resposta foi sim, continue lendo este artigo e entenda o que ninguém te diz sobre o retorno de entrevista. 

Você já sentiu desamino ao perguntar ao recrutador o motivo de não passar na entrevista e não ser respondido? Se a resposta foi sim, leia este artigo e entenda o que ninguém te diz sobre o retorno de entrevista.
Imagem de Pixabay | Licença CC0 Public Domain


O TAL RETORNO DE ENTREVISTA PADRÃO 


Faz algum tempo que fui questionada referente ao retorno de entrevista padrão, pois tais modelos são insuficientes pela escassez de informação, ou seja, não constam o real motivo que justifica a descontinuidade do candidato no processo seletivo. 

Geralmente, estes modelos informam de modo generalista que, o perfil daquele profissional não prosseguirá nas próximas etapas ou que não foi contratado. 

Segundo, a opinião do leitor que me questionou, uma vez que, não há uma resposta concreta com especificações justificáveis de não contratá-lo ou até mesmo dar segmento na entrevista, este retorno é em vão e frustrante.


RETORNO DE ENTREVISTA E O PONTO-CHAVE: PERFIL DA VAGA 


Entretanto, uma questão relevante deve ser destacada neste contexto, o perfil da vaga. Isto é, qual o tipo de vaga que o profissional está concorrendo? 

Quero dizer que, vagas que em geral são de áreas de: gestão / técnica / especialista tendem a obter um retorno de entrevista direcionado, em outras palavras, um feedback esclarecedor.


ENTREVISTA POR COMPETÊNCIA: POSSUEM DEVOLUTIVAS DIRECIONADAS 


Supomos que, um candidato participa de um processo seletivo para oportunidade de gerente voltado para área operacional, talvez essa vaga tenha um detalhe, a mesma requer um perfil mais técnico e este candidato, possui um perfil mais administrativo. 

Identificado essa diferença de perfis, o feedback terá uma explicação referente ao perfil do profissional e da vaga.

Normalmente, estes casos participam de entrevista por competência, enquanto perfis mais simples não tem a resposta específica e sim, um retorno de entrevista padrão. 

Compreenda melhor neste artigo, o que é a diferença entre o perfil da vaga e do candidato, e se já teve alguma experiência semelhante, dê sua opinião abaixo! 

Você já sentiu desamino ao perguntar ao recrutador o motivo de não passar na entrevista e não ser respondido? Se a resposta foi sim, leia este artigo e entenda o que ninguém te diz sobre o retorno de entrevista.
Imagem de Pixabay | Licença CC0 Public Domain

INDEPENDENTE DO TIPO DE VAGA, É ESSENCIAL A DEVOLUTIVA PARA O CANDIDATO


Sim! O volume de vaga de perfil simples é superior a de vaga de perfil específico. Dificultando o envio de respostas específicas, de tal modo, isso não impede, a falta do retorno de entrevista. 

E é claro que, em contra partida, os profissionais com perfis simples também aguardam algum tipo de sinalização, mesmo sendo a resposta padronizada. 

Caso candidato entre em contato e questione o motivo da resposta negativa, dê um feedback direcionado, visto que, busca aprimorar sua performance nas próximas entrevistas. 

Para saber mais detalhes, sobre o contato do candidato leia o artigo retorno de entrevista: candidato quer saber o motivo da negativa, neste constam informações de como proceder em casos semelhantes. 


CONTRIBUA COM O CRESCIMENTO PROFISSIONAL: DÊ O RETORNO DE ENTREVISTA ESCLARECEDOR


Enfim, em minha opinião, concordo com o que foi apontado pelo leitor, ao recebermos o retorno de entrevista temos expectativa de no mínimo, haver alguma explicação para não continuarmos naquele processo seletivo. 

Aguardar um retorno que, venha contribuir com desenvolvimento tanto pessoal quanto profissional de cada um, para nós que estamos dentro da situação, parece ser algo claro, simples e que estamos fazendo algo corretamente, porém, nem sempre é o que parece. 

Por isso que, muitos candidatos sentem-se frustrados com esse tipo de retorno, em quanto uma minoria, algo aproximado de 1% ou nem isso, querem saber em que ponto estão errando e o que podem aprimorar em sua performance. 

Também temos a questão do alto volume de perfis simples que, quase não damos conta em dar as devolutivas, a sugestão é reservar um tempo e colocar em ordem essa atividade, na hipótese de precisar de uma ajuda, confira este conteúdo e-mails de retorno de processo seletivo - devolutiva vários candidatos e poderá auxiliar em sua tarefa. 

E você, seja profissional de recrutamento e seleção ou candidato, já passou por alguma situação como está? Ou o que, você acha do assunto abordado neste conteúdo? Me dê sua opinião!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog DespertaRH 2012-2017. Criado por: Deise Silva. Tecnologia do Blogger.